Pedágios e Tarifas

Como são calculadas as tarifas de pedágio?

O valor da tarifa está previsto no contrato de concessão.


Como são reajustadas as tarifas de pedágio?

O contrato de concessão, firmado entre a AB Nascentes das Gerais e o Governo de Minas Gerais estipula que as tarifas são reajustadas, anualmente, no dia 13 de junho de cada ano, com base no IPCA.


Formas de pagamento aceitas:

  • Cobrança Manual

    • Dinheiro;
    • Vale Pedágio: exclusivo a embarcadores, transportadores e motoristas de carga das empresas credenciadas;

  • Cobrança Automática

    • Sistema eletrônico que exige a instalação de um aparelho no interior do veículo e desobriga o motorista a parar para efetuar o pagamento. Pode ser pago pelas seguintes empresas:



      •  

A quem é concedida a isenção da tarifa de pedágio?

Conforme dispõe o contrato de concessão assinado pela concessionária e o Governo de Minas Gerais, são isentos de pagamento de pedágio os seguintes veículos:

  • Veículos de propriedade da SETOP, do DER-MG e da Polícia Rodoviária Estadual;
  • Veículos de propriedade das forças policiais, quando em serviço;
  • Veículos destinados ao atendimento público de emergência: Corpo de Bombeiros e ambulâncias, quando em serviço;
  • Veículos das forças militares quando em instrução ou manobra;
  • Veículos oficiais, desde que credenciados, em conjunto, pelo Poder Concedente e pela concessionária.


Motos e triciclos pagam pedágio?

Sim.


Utilitários (Kombi e Van) pagam pedágio?

Utilitários com rodagem simples pagam tarifa igual a veiculo de passeio. Utilitários com rodagem dupla pagam tarifa comercial.


Valores pedágio (veículos de passeio e por eixo)




Os valores acima são válidos até 12 de junho de 2018. O percentual utilizado para o reajuste é fornecido pelo Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) e arredondamentos previsto no contrato. (1) A rodagem traseira de pneus do tipo “single” ou “supersingle” é equivalente à dupla, para efeito da estrutura tarifária aqui definida. (2) Para os veículos com mais de 6 (seis) eixos e os denominados “veículos especiais’’, que transportam cargas super pesadas e indivisíveis, a Concessionária cobrará TARIFA DE PEDÁGIO equivalente à categoria 8 (oito), acrescida do valor da tarifa dos veículos da categoria 1 (um), multiplicada pelo número de eixos que excederem a 6 (seis). (3) As tarifas serão cobradas com duas casas decimais, arredondando-se para a divisão monetária mais próxima existente múltipla de 10 centavos (40.3 Contrato Setop 007/2007). 


Benefícios

O dinheiro pago no pedágio é revertido em benefícios para os usuários das rodovias e para a região onde a praça de pedágio está inserida, por meio do desenvolvimento promovido pelos investimentos e infraestrutura e também através do pagamento do ISSQN – Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza aos municípios. Saiba mais sobre o ISSQN aqui.