Nascentes das Gerais recebe prêmio ambiental do Instituto Chico Mendes

Monday, November 24, 2014


A Concessionária Nascentes das Gerais recebeu o Selo Verde e o Prêmio Socioambiental 2014 do Instituto Chico Mendes. A concessionária foi avaliada em parâmetros de sustentabilidade como ações sociais, aproveitamento correto de recursos hídricos e energéticos, destinação adequada de resíduos, gestão ambiental/negócios, legislação e manutenção da biodiversidade. O Prêmio, apontando como o maior reconhecimento do Brasil na área, tem como objetivo reconhecer esforços para promover a melhora da qualidade de vida em todo o país.

Além da Nascentes das Gerais, responsável pela administração e operação do Sistema MG-050/BR-265/BR-491, as outras concessionárias do Grupo AB Concessoões (Triângulo do Sol e Colinas, ambas em São Paulo) também estarão presentes na premiação, que acontece em dezembro, em São Paulo. “A Nascentes das Gerais tem como pilar de atuação a preservação da vida e a minimização dos impactos ambientes decorrentes de sua área de atuação”, afirma Joselito Castro, diretor-executivo da concessionária.

Sobre o Instituto Chico Mendes

Fundado em 2004, o Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes tem por objetivo desenvolver ações que contribuam com a preservação e a proteção ambiental, promoção humana e inclusão social, por intermédio de geração de renda, difusão de técnicas e conhecimentos, eventos, pesquisas e projetos de ação. Seu nome presta uma homenagem a Francisco Alves Mendes Filho (1944-1988), seringueiro da Amazônia, lembrado internacionalmente como um símbolo de resistência diante das degradações ambientais.

AB Concessões I Nascentes das Gerais

A Concessionária Nascentes das Gerais pertence à AB Concessões S/A, uma holding que nasceu da união do Grupo Italiano Atlantia (controlador) — um dos maiores em concessões rodoviárias do mundo e do Grupo Bertin. A AB Concessões é responsável pelas concessionárias paulistas Triângulo do Sol (100%), Rodovias das Colinas (100%) e Rodovias do Tietê (50%) e, no Estado de Minas Gerais, a Nascentes das Gerais (100%). São mais de 1.500 km de rodovias administradas.